28 DE JULHO – DIA DO AGRICULTOR

Fábio de Salles Meirelles Presidente do Sistema/ FAESP-SENAR/SP

No final do ano de 1955, com um grupo de pecuaristas, tendo à frente o destacado produtor rural, Continentino Jacinto da Silva, mais conhecido como “Tenente Jacinto”, estávamos aguardando, no aeroporto de Franca, o Dr. Juscelino Kubitschek de Oliveira, recém-eleito Presidente da República, acompanhado da jovem e combativa deputada federal, a gaúcha Ivete Vargas. Na ocasião, com grande surpresa, recebi o honroso convite do presidente para integrar o seu gabinete, logo nos primeiros dias após sua posse, no mês de janeiro de 1956, no Rio de Janeiro.

O lema da campanha do mineiro Juscelino Kubitschek “50 anos em cinco”, perpetua-se até os dias de hoje. Já naquele período, ele afirmava que uma de suas metas era “apoiar o produtor rural, o homem do campo”.

Palavra colocada em prática no dia 28 de julho de 1960, quando instituiu o DIA DO AGRICULTOR em comemoração ao centenário do Ministério da Agricultura.

Relembrando tão importante momento, cumprimentamos hoje, homens, mulheres e jovens do nosso notável setor agrícola, num país de clima tropical, verdadeiros e bravos brasileiros, alicerces e indutores do nosso desenvolvimento, que enfrentam adversidades, mas continuam cultivando, produzindo, gerando empregos, assegurando o abastecimento nacional e avançando junto ao mercado externo. Esses valorosos cidadãos, apesar de todas as dificuldades, permanecem no campo, contribuindo para atenuar a fome que assola quase todos os continentes.

Ao homem do campo, nosso notável produtor rural, persistente na superação das dificuldades, mas mantendo a crença em Deus Brasileiro e no feliz amanhã, hoje e sempre, as nossas homenagens e reconhecimento.

Deixe um comentário

Seu e-mail não será publicado.


*